Ter um bichinho em casa requer cuidados constantes. Dependendo da raça, um desses cuidados é aparar os pelos do cãozinho com uma máquina de tosa.

Trata-se de uma necessidade básica de higiene e bem-estar, principalmente para os pets com pelagem farta.

Os pelos servem como proteção natural para o pet tanto nos dias frios como nos mais quentes. Uma simples escovação já ajuda bastante, porém a tosa chega a ser indispensável para algumas raças.

Agora, você deve estar se perguntando qual é a hora certa para tosar seu pet e se é possível realizar essa tarefa em casa.

Para saber essas respostas e outras informações sobre a máquina de tosa, continue acompanhando este texto.

Por que tosar o seu animal?

Para começar a conversa, vamos destacar a importância de tosar seu companheiro de patas.

Na maioria dos casos, o procedimento é importante, não só pela estética, mas também para a higiene e bem-estar do animal.

Em primeiro lugar, a tosa diminui o contato do cão com o xixi e cocô, deixando-o mais limpo. Ao cortar os pelos longos próximos aos olhos, também melhoramos o campo de visão de nosso amiguinho.

Além disso, a tosa tem um papel importante no bem-estar do seu cãozinho. Quando eliminamos pelos mortos e cortamos os nós de pelos embaraçados, evitamos a proliferação de fungos.

Após a tosagem, conseguimos visualizar a pele de nossos pets e, assim, podemos identificar eventuais feridas e carrapatos que os pelos escondiam.

Quando começar a tosar?

Quando realizar a primeira tosa é uma dúvida muito recorrente para os donos de animais de estimação de primeira viagem.

Muitas vezes, por falta de conhecimento, a primeira tosa acaba sendo tardia. Isso pode, inclusive, comprometer o desenvolvimento do bichinho.

O período ideal recomendado por especialistas é quando o animalzinho termina seu ciclo de vacinas. Portanto, por volta de cinco a seis meses de idade.

Uma vez que o pet está vacinado, ele tem menos risco de contrair doenças por meio da tesoura ou de uma máquina de tosa.

Pode ser também no período em que o cãozinho esteja trocando de pelagem para a adulta, ocasionando a queda de pelos. Isso ocorre entre 7 a 14 meses, a depender da raça.

Quais os tipos de tosa?

A frequência e o tipo de tosa recomendados variam de acordo com a raça do seu cãozinho. Portanto, antes de sair usando sua máquina de tosa a torto e a direito, procure consultar um especialista.

A tosa mais comum é a higiênica, que pode acompanhar outros tipos de tosa. São eles:

  • Tosa bebê: diminui o volume dos pelos, dando um ar mais jovial ao cãozinho;
  • Tosa japonesa: deixa o cãozinho esteticamente mais exótico. Trata-se de uma técnica que deixa os pelos das patas e dos focinhos mais curtos, enquanto o restante do corpo pode ficar longo e penteado.

O instrumento utilizado também varia da tesoura, cujo resultado é mais leve, e a máquina de tosa, que define e evidencia mais os pelos de maneira marcada.

Posso tosar o cão em casa?

Muita gente opta por tosar o seu cãozinho em casa com uma própria máquina.

A opção pode ser econômica caso seu cachorrinho precise de uma tosa frequente, como é o caso das raças Poodle, Shih Tzu e Yorkshire.

Isso porque, mesmo que o investimento inicial da máquina de tosa seja caro, a longo prazo acaba-se gastando menos do que levar o seu cão a cada 15 dias ao petshop.

Além disso, ao fazer o procedimento em casa, você tem mais controle sobre o comprimento dos pelos do seu cãozinho. Você pode mantê-los da maneira que deseja, sem deixá-los muito curtos ou compridos.

Essa prática, com seus devidos cuidados, é permitida, principalmente em cães em que o pelo não para de crescer.

Todavia, se seu cachorro fica muito agitado ou arisco durante o processo, é preferível que se opte por serviços de petshop. Lá, o procedimento será feito por funcionários qualificados e confiáveis.

O despreparo pode levar a machucados feitos com a lâmina ou tesoura, caso o bichinho não pare quieto com a presença do dono.

Vale reiterar que a necessidade de tosa varia para cada raça. Cortar demais pode significar uma exposição prejudicial a temperaturas altas ou baixas.

Como escolher a máquina de tosa ideal?

Primeiramente, é importante frisar que não se deve usar a máquina de cortar cabelo comum. Ela é pequena, pode esquentar e fazer barulho que incomoda o cão.

O ideal é que a máquina de tosa tenha lâmina pura e pentes para limpeza, seja adaptável a comprimentos diferentes de pelos e funcione em duas velocidades.

Além disso, ela pode funcionar com bateria ou ligada à tomada, de acordo com sua necessidade.

Na hora de comprar sua máquina de tosa, dê preferência à qualidade, desconfiando sempre de preços muito baratos. Você pode acabar comprando gato por lebre.

Como identificar se sua máquina de tosa está com defeito?

Em primeiro lugar, é necessário verificar se a peça de encaixe com a lâmina possui os dois pinos de maneira nivelada. Caso contrário, o corte será prejudicado e ficará mais lento.

Abaixo dessa peça, também precisa haver duas linguetas com “pernas” ideais para manter a rotação e o movimento de corte.

O comprometimento nas peças de rolamento também dificulta o corte. Esse problema pode ser identificado pelo barulho mais grave, não usual e não silencioso da máquina.

Outro problema identificável é a lâmina. Se ela possui pontas muito finas e compridas, ela não tosará bem, pois travará nos pelos. É necessária uma lâmina que deslize bem entre a pelagem do cão.

Caso algum desses quatro problemas forem detectados, não hesite em reivindicar o conserto do aparelho ou a troca da lâmina.

Isso porque é importante o funcionamento adequado da máquina de tosa para evitar possíveis cortes e machucados no animalzinho.

Todo cachorro precisa de tosa?

Mesmo que você tenha uma máquina de tosa em casa, não é necessário utilizar em cães de pelo curto, como o Pastor Alemão ou o Bulldog.

Além disso, há cães como o Golden Retriever e o Setter Irlandês que uma tosa higiênica e uma escovação regular bastam. Isso porque sua troca de pelagem é natural.

No fim das contas, vale a pena consultar um profissional capacitado e de confiança para passar as devidas instruções de acordo com a raça de seu pet.